Artigo | 25/11/2015

Metodologia para Desenvolvimento da Análise de Risco – APR

A análise de risco é uma ferramenta para análise crítica da tarefa, objetivando a identificação de riscos potenciais e aplicação de medidas de controle para a preservação da segurança e saúde dos trabalhadores, de terceiros e também do meio ambiente.

Análise Preliminar de Riscos ou análise preliminar de perigos teve sua origem nos programas de segurança militar criados no Departamento de Defesa dos EUA.

Passos para elaboração do APR:

 Formar grupo multidisciplinar;

 Descrever as tarefas que compõe a atividade que se quer analisar;

 Identificar as situações de risco relacionadas à cada tarefa;

 Classificar o grau de severidade e de probabilidade da ocorrência da situação de risco;

 Determinar o grau de risco e as medidas de controle recomendadas.

Para determinar o grau risco, deveremos classificar a situação de risco encontrada com relação à severidade do dano a probabilidade da sua ocorrência.

Severidade - é a magnitude do dano que poderia ocorrer, levando-se em consideração as consequências à segurança e a saúde do colaborador. Classificação da severidade: levemente prejudicial, prejudicial, extremamente prejudicial.

Probabilidade - é a possibilidade de ocorrência do dano levando-se em consideração os controles existentes. Classificação da probabilidade: provável, improvável, altamente improvável.

Classificadas a severidade e a probabilidade da ocorrência e utilizando a tabela abaixo podemos determinar o Grau de Risco.

PROBABILIDADE // SEVERIDADE = NIVEL DE RISCO

Altamente Improvável // Levemente Prejudicial = Trivial

Altamente Improvável // Prejudicial = Aceitável

Altamente Improvável // Extremamente Prejudicial = Moderado

Improvável // Levemente Prejudicial = Aceitável

Improvável // Prejudicial = Moderado

Improvável // Extremamente Prejudicial = Substancial

Provavel // Levemente Prejudicial = Moderado

Provavel // Prejudicial = Substancial

Provavel // Extremamente Prejudicial = Inaceitavel

Quadro para tomada de decisão a partir do nível de risco

NÍVEL DE RISCO /// AÇÃO E CRONOGRAMA

Trivial /// Nenhuma ação é necessária.

Aceitável /// Monitorar, soluções de baixo custo podem ser consideradas

Moderado /// Medidas de mitigação devem ser adotadas, porém o custo de implantação deve ser levado em conta.

Substancial /// O trabalho não deverá ser iniciado até que o risco tenha sido reduzido.

Inaceitável /// O trabalho não deverá ser iniciado até que o risco tenha sido reduzido.

Nos nossos próximos artigos iremos abordar a metodologia para análise de risco What-If (o que aconteceria se..), e Como eliminar ou reduzir os riscos.

Decio Wertzner – Fazer Segurança – novembro/2015.